Notícias o CROMO
 

Notícias 

 

Prefeitura de Paulínia inicia reinstalação de lixeiras subterrâneas  

   
 
A Prefeitura de Paulínia, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, iniciou na tarde desta quarta-feira, dia 8 de agosto, a reinstalação das lixeiras subterrâneas, com instalação de um sistema modernizado que vai garantir a otimização dos serviços. A primeira unidade, já em funcionamento, foi implantada na Avenida Getúlio Vargas, na altura do Parque Ecológico. Pelo cronograma da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, mais 25 conjuntos com dois containers cada - um para coleta seletiva e outro para coleta de lixo orgânico - serão instalados até o dia 5 de novembro. 

As lixeiras foram desativadas no início de 2017,  após o fim do contrato com a antiga empresa prestadora dos serviços de limpeza urbana. Por entender que se tratam de patrimônio do município, a Prefeitura de Paulínia entrou na justiça e, recentemente, conseguiu reaver o direito de utilização de parte da estrutura para implantação dos containers. 

"Estamos implantando um sistema ainda mais moderno, que garante praticidade e agilidade no serviço. O mecanismo inteiramente automatizado de coleta possibilita que o despejo de resíduos no caminhão seja feito pela parte inferior do container, evitando que os resíduos se espalhem e minimizando a disseminação de odores indesejáveis", explica o secretário de Obras e Serviços Públicos, Valdir Terrazan. 

O prefeito Dixon Carvalho comemora o resultado obtido na Justiça e o restabelecimento desse serviço na cidade. "Aos poucos vamos implantando o trabalho que projetamos para a limpeza urbana. Inicialmente conseguimos uma grande economia para os cofres públicos. Reduzimos os gastos mensais em praticamente 50%, caindo de R$ 8 milhões para menos de R$ 4 milhões mensais. E agora vamos regularizar esse serviço que poucas cidades brasileiras têm", explica o prefeito.  

As lixeiras aparentes têm cerca de um metro de altura, mas escondem um fundo falso que dá acesso a containers instalados no subsolo das calçadas com capacidade para armazenamento de 3m3 de resíduos. Um sensor instalado nas lixeiras sinaliza quando o volume de lixo alcança os 80% e os caminhões, então, são acionados para fazer a coleta. "Cada container subterrâneo equivale a três constainers instalados na superfície, o que representa também uma considerável economia nos gastos com transporte do lixo e traz ganhos ambientais para o município devido a diminuição da circulação de veículos", explica Terrazan. 

O secretário ressalta ainda que com a reativação das lixeiras subterrâneas, a cidade ganha em outros vários aspectos. "O lixo não fica acumulado nas ruas, evitando o entupimento de bueiros em dias de chuva, o que resulta também em menor necessidade de intervenções em galerias e traz econômia para os cofres públicos. O sistema de armazenamento subterrâneo também impede a ação de vândalos ou animais que espalham lixo pela cidade. Consequentemente, temos uma considerável redução no índice de pragas urbanas como insetos, ratos e baratas, colaborando diretamente com questões de saúde pública", ressalta Terrazan. Além dos benefícios econômicos, as lixeiras subterrâneas ficam à disposição da população 24 horas por dia e trazem impactos positivos nos aspectos urbanísticos, tornando a cidade cada vez mais limpa. 

O presidente da Cooperlínia Ambiental do Brasil, cooperativa de gestão de resíduos sólidos instalada em Paulínia, José Carlos da Silva, afirma que a reinstalação das lixeiras é uma grande conquista. "Além de aumentar a quantidade do material que recebemos, este tipo de coleta agrega valor aos resíduos, que chegam puros até nós. Isso resulta em grande diminuição da taxa de rejeito e, consequentemente, em melhoria na qualidade de vida dos cooperados, que conseguem aumentar suas rendas", acrescenta José Carlos. 
 

Parceria entre Prefeitura e Tribunal de Justiça restaura Fórum 

 

Os funcionários, advogados, promotores e juízes já podem trabalhar com mais tranquilidade no Fórum de Paulínia. Uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo culminou com uma série de melhorias interna e externa do prédio que abriga todo trabalho do Judiciário paulinense. Há mais de dez anos sem nenhuma manutenção, o telhado foi totalmente restaurado e, a partir de agora, tem total condições de evitar alagamentos e outros problemas que ocorreram nos últimos anos.

 

Administradora do prédio, Adeli Murgel Gepp conta que as infiltrações que local vinha enfrentando chegaram a atingir os cartórios, molhando diversos processos e que o pior ocorreu na última grande chuva que caiu sobre Paulínia. “Tivemos esse problema em março deste ano e somente no final de junho é que o Tribunal de Contas finalizou no final de junho. O Tribunal do júri foi alagado, processos foram molhados e a partir desse momento começamos a contar com a colaboração da Prefeitura, que disponibilizou telhas em reaproveitamento e cobriram os pontos rompidos no telhado. Se não tivéssemos a apoio da prefeitura, teríamos que aguardar até iniciar a obra pelo Tribunal”.

Além de telhas, caçambas, caminhões pipa, ajustes hidráulicos para suprir o rompimento de cano de água, caixa de água e ajustes elétricos, explica Adeli, a área do entorno também foi melhorada, como revela Adeli. “A Prefeitura revitalizou o nosso entorno, que é uma praça, com reparo na iluminação e podas das árvores que danificavam a estrutura do prédio”. Com mais de 50 anos, o prédio que agora sedia o Fórum já foi sede da Prefeitura Municipal. “Sem essa ajuda imediata e emergencial da Prefeitura não teríamos como continuar trabalhando até que o Tribunal conseguisse seguir os trâmites burocráticos e através de ata de registro de preços contratasse uma empresa para realizar a reforma”, conta Adeli.

Colaborar para um órgão tão importante como o Judiciário, esclarece o prefeito Dixon Carvalho, é uma ação extremamente gratificante. “Não poderíamos fechar os olhos. A maneira mais rápida encontrada foi de buscar minimizar os problemas que todos que trabalham no prédio e aqueles que precisam do Fórum vinham enfrentando. Fizemos essa parceria, nos comprometemos com algumas ações e, felizmente, o trabalho foi feito rapidamente e o resultado foi muito positivo”. O prefeito explicou também que conhece muito bem burocracia que seria necessária para conseguir a contratação de um trabalho desse. “Enfrentamos isso em quase todos os nossos processos para licitação, contratação emergencial e em atas de registro de preços”.

Em seu comentário sobre o apoio da Prefeitura, o juiz Carlos Eduardo Mendes, atual diretor do Fórum e que há quatro anos chegou à Comarca de Paulínia, período posterior a última vez que o prédio teve melhorias estruturais, foi simples e direto. “Um exemplo de eficiência”, fez questão de ressaltar o magistrado.

 

ndice de furtos e roubos tem redução de 11% 

 


 
 

 

O trabalho da Secretaria Municipal de Segurança continua rendendo resultado positivo para a população de Paulínia e novas ações que já estão em andamento vão melhorar ainda mais a segurança no município. De acordo com os dados apresentados recentemente pelo Setor de Estatística e Geoprocessamento da Guarda Civil de Paulínia, em 2017, primeiro ano de governo do prefeito Dixon Carvalho aponta a redução de considerável de aproximadamente 11% de roubos e furtos, conforme estudo comparativo entre 2016 e 2017. Se levarmos em consideração o crescimento populacional apontado pelo IBGE, de 2,367% por ano, essa redução se torna ainda mais expressiva. 

Considerando os números de 2018, o primeiro semestre deste ano mostra uma evolução maior ainda no combate ao crime na cidade. Se compararmos o primeiro semestre dos anos de 2017 e 2018, de janeiro a junho, tivemos a redução de 21.8% referente a furto e 12,4% referente a roubo. Para o Secretário de Segurança Pública Emerson Baptista de Oliveira, que está à frente da pasta desde janeiro de 2017, alguns fatores foram primordiais para fazer a diferença da nossa cidade. O profissionalismo dos integrantes da Guarda Civil de Paulínia, a preocupação da atual administração em dar melhores condições de trabalho e a integração das polícias. 

“Temos um grupo determinado e qualificado que se empenha diariamente para manter a segurança da nossa população. Quando assumimos a Secretaria, buscamos suprir as necessidades da Guarda Civil, outras instituições de segurança e valorizar o profissional de segurança pública propiciando melhores condições de trabalho e equipamentos para realizar o policiamento da cidade”, revela o secretário, que fez questão de elogiar a real integração existente das forças policiais, e que também realizam um excelente trabalho no município, como a Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária.

Para o prefeito Dixon, equipar e preparar os profissionais da área de segurança é uma obrigação que precisa ser feita com frequência e não deixar de lado. “Ficamos extremamente preocupados com a situação caótica que se encontrava a área de segurança do munícipio. Coletes vencidos, o sucateamento da frota poucos veículos e praticamente sem condições de circular normalmente. Nossas primeiras medidas foram adquirir coletes balísticos com material mais moderno, priorizar comunicação de rádio e renovar a sucateada frota de viaturas com veículos mais apropriados. Se antes tínhamos apenas cinco atualmente contamos com 28 viaturas”, enumera o prefeito.

Para aumentar ainda mais a segurança em Paulínia, o prefeito Dixon já tem novos cartuchos no gatilho. “Todos processos de controle e gestão da Guarda serão informatizados. Também iniciamos o planejamento de construção da nova sede da GCM para melhorar o atendimento à população, com incremento da obra no Plano Plurianual do Município de Paulínia 2018/2021”, explica o prefeito. No final do ano passado, o prefeito publicou a Lei Complementar nº 64, que ratifica o serviço prestado pela Guarda Civil de Paulínia como policial e que reconheceu o direito a aposentadoria como servidor policial. Outra medida que vai colaborar para o trabalho e já foi iniciado é o estudo de adequação do Estatuto da Guarda Municipal de Paulínia e Plano de Cargo e Carreira. 

GUARDA CIVIL – POLÍCIA CIDADÃ

 

Além do combate à criminalidade, os integrantes da Guarda Civil participam de ações voltadas à população, atuando junto às comunidades e cumprindo seu papel de polícia cidadã.

 
  A primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Tatiana Castro, realizou a doação de cestas básicas à AUPACC (Amigos Unidos Contra o Câncer) na tarde desta sexta-feira, dia 20 de julho. A ação foi oficializada por meio de Termo de Doação assinado durante uma visita feita pela presidente da entidade, Maria Elisabete Giacomassi, a secretária administrativa, Isabela Gonçalves Prado, e do voluntário e advogado Luiz Carlos Rosa, no Gabinete do prefeito Dixon Carvalho, que também esteve presente no ato, além do secretário Carlos Alberto Coelho (Grillo), da Secretaria Municipal de Turismo e Eventos-SMTE. Os alimentos foram arrecadados através de eventos esportivos promovidos pela cidade e que a Secretaria de Turismo solicitou a doação de uma cesta básica para participação. A presidente do fundo agradeceu o empenho do secretário Grillo e mostrou sua satisfação em colaborar com a AUPACC, entidade sem fins lucrativos que realiza trabalhos voltados a assistência a pessoas com câncer e seus familiares.   
     
 

Prefeitura de Paulínia dá início ao maior programa de reforma e manutenção das escolas municipais já realizado no município

 
 
São 58 unidades escolares passarão por intervenções, beneficiando diretamente cerca de 16 mil alunos da Rede Municipal de Ensino   


A Prefeitura Municipal de Paulínia, por meio das secretarias de Educação e Obras e Serviços Públicos, dará início esse mês ao maior programa de manutenção das escolas municipais já realizado no município. No decorrer dos próximos 12 meses, 58 unidades escolares passarão por reformas, que serão executadas com o intuito de recuperar as condições estruturais dos prédios onde estão instaladas creches, EMEis e EMEFs e escolas a técnicas.

De acordo com a Secretaria de Obras, foram realizadas visitas em todas as unidades. “Além das avaliações técnicas feitas in loco, as equipes conversaram com os diretores para avaliar as demandas de cada uma das escolas. O contrato abrange a execução das obras de manutenção, conservação e reforma nos prédios ocupados pela Educação”, afirma o secretário de Obras e Serviços Públicos, Valdir Terrazan.

As 10 primeiras unidades que passarão por intervenções serão EMEI Dona Itéla Ferro Soldera (Monte Alegre II), Creche Carolina Rother Ferraz (Santa Terezinha), EMEF Oadil Pietrobom (Santa Terezinha), EM Professora Elvira Cassia de Oliveira (São José), Creche Felipe Macedo de Barros (Santa Terezinha), EM Professora Odete Emídio de Souza (São José), EMESFM Vitor Szczepanski e Souza Filho (Centro), EM Nelson Alves Aranha Neto (Parque Bom Retiro), EMEF Professora Maria Aparecida Caputti Beraldo (Jardim Planalto), EM Leonor Jacinto de Campos Pietrobom (Alto dos Pinheiros). A prioridade de execução das obras foi definida pela Secretaria de Educação.

“ Tínhamos que começar, então decidimos por aquelas que neste momento têm as maiores necessidades. Os primeiros trabalhos serão realizados nestas dez unidades e seguirão para as outras, finalmente atendendo antigas demandas das escolas do município. Para nós da Educação, trata-se da realização de um sonho. Ao todo, cerca de 16 mil alunos serão beneficiados. O novo tempo chegou e com ele as melhorias que precisávamos na Educação de nossa cidade”, ressalta o secretário de Educação, Luciano Ramalho.

O prefeito Dixon Carvalho ressaltou a importância do programa. “Essa sempre foi uma de nossas prioridades e estamos extremamente satisfeitos com o início deste trabalho. Com as reformas, conseguiremos garantir melhor estrutura e conforto para todos os professores e alunos da Rede Municipal de Ensino de Paulínia. Para nós, investir em educação é investir no futuro de nossa cidade”, enfatizou o chefe do Executivo.  

A previsão de investimentos para execução das obras é de até R$ 13 milhões.
 
 
 
 
Investimento no transito de Paulinia
 
 
As constantes reclamações da população referentes aos problemas no trânsito, o alto número de acidentes nas vias de tráfego e a necessidade de uma adequação radical na sinalização em diversas regiões do município motivaram a Prefeitura Municipal de Paulínia, através da Secretaria Municipal de Trânsito de Paulínia (SMTRANS), a projetar uma verdadeira revolução no sistema viário urbano. A conclusão do projeto sugere ajustes de melhorias a longo prazo e por etapas, mas promete causar um grande impacto que melhorará consideravelmente a mobilidade urbana e em especial a segurança na cidade. Para isso está em andamento um processo de contratação de uma empresa para a prestação de serviço de instalação e manutenção de sinalização horizontal, vertical e semafórica, além de outros.

O pacote de ações deve acontecer por etapas. Umas das mudanças será no transporte rodoviário de cargas ou produtos perigosos no município que será regulamentado apontando proibições na circulação desses veículos em avias públicas internas aos bairros e, nas avenidas, haverá restrição em certos horários. Outra medida, que é tratada como prioridade pelo governo, são as melhorias no acesso à Região Norte, que compreende os bairros: João Aranha, São Jose e Bonfim. A intervenção se dará com abertura de uma terceira faixa na Avenida Jose Paulino nas proximidades do Fontanário, a ampliação da faixa na Rotatória do Fontanário. Também nos horários de pico, haverá acréscimo de uma faixa, para isto se inverterá o sentido de uma das faixas da Avenida Jose Paulino, próximo a ponte no pico da tarde (horário com maior movimentação) e a criação de um novo acesso à Avenida Roberto Mange, que passará a funcionar como alternativa a Avenida Paulista para acesso à Avenida João Aranha. O trânsito no entorno do Hospital Municipal também será afetado com as mudanças que permitirá melhor fluidez, macroacessibilidade, nova circulação e melhorias no estacionamento de veículos para os usuários.

O projeto ainda contempla uma nova proposta de circulação para maior fluidez na Avenida José Paulino, atingindo os bairros: Jardim dos Calegaris, Jardim Vista Alegre, Jardim Nossa Senhora Aparecida e Morumbi. “Com investimentos na ordem de aproximadamente R$ 9 milhões, o pacote de ações trará expressivas melhorias e benefícios para a população.  Os riscos de acidentes de trânsito paulinense reduzirão consideravelmente, implicando diretamente em diminuição nos gastos públicos na Saúde”, ressaltou o secretário de Transportes Laércio Giampaoli. 

O pacote foi apresentado na Câmara Municipal de Paulínia, na segunda-feira, dia 11 de junho. Estiveram presentes membros da Setransp, o secretário de Governo, Beto Cavalaro, e os vereadores Flávio Xavier (PSDC), Fábio Valadão (PRTB), Du Cazellato (PSDB), Zé Coco (PV), Fábia Ramalho (PMN), Danilo Barros (PR) e Edilsinho (PSDC) e assessores de João Mota (PSDC) e Loira (PSDC).


Assessoria de Imprensa 
Prefeitura Municipal de Paulínia 
19 3874-5728 | 3874-5724 


 
Prefeito de Paulínia vai à Brasília para pleitear verbas para obras de infraestrutura urbana 
 

O prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho, esteve em Brasília na última terça-feira, dia 22 de maio, para pleitear recursos do  Ministério das Cidades para obras de infraestrutura no município. Acompanhado dos secretários Rui Rabelo (Desenvolvimento Econômico) e Vlamilson Vieira (Planejamento), o prefeito se reuniu com os deputados pepistas Fausto Pinato  e Arnaldo Faria de Sá e com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

De acordo com o prefeito, a visita à Brasília teve como principal objetivo buscar recursos que poderão ser destinados ao município por meio dos programas Avançar Cidades, Finisa (da Caixa Federal), e do Desenvolve SP.


Assessoria de Imprensa 
Prefeitura Municipal de Paulínia 
19 3874-5728 | 3874-5724 
 


     
     
 

 


 

Paulínia recebe prêmio pela excelência no atendimento de Água e Esgoto

 
 
 
 
Paulínia recebeu  sexta-feira, dia 13 de Abril, o Prêmio Excelência no Atendimento de Água e Esgoto oferecido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES).
 A premiação conta com o apoio da Sabesp, que detém a concessão dos serviços públicos de saneamento básico no município. O prefeito Dixon Carvalho recepcionou em seu gabinete a representante da Sabesp, Vanessa Egídio Pereira, que realizou a entrega da placa simbólica de premiação. O município de Paulínia foi uma das 300 cidades paulistas que recebeu o Prêmio Excelência no Atendimento de Água e Esgoto. A premiação para Paulínia foi pelo grande trabalho realizado na área de saneamento básico. Hoje a cidade conta com 100% de água tratada e 97% de esgoto coletado e tratado.
A iniciativa da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) tem o objetivo de reconhecer operadoras e municípios que estão no caminho certo, desenvolvendo um trabalho comparado ao padrão europeu no que diz respeito ao atendimento de água e esgoto.
Para o prefeito Dixon Carvalho, esse reconhecimento estimula ainda o seu trabalho e de suas secretarias. "Nosso objetivo é atingir a excelência em outros segmentos e vamos trabalhar cada vez mais para conseguirmos", promete Dixon. 
 


 

      policial civil é esfaqueado e suspeito de tráfico é morto no bairro morro alto

Investigador foi atingido na mão, no ombro e no braço, segundo Hospital Municipal de Paulínia. Operação foi realizada para coibir tráfico e receptação de produtos furtados.

 

Um investigador da Polícia Civil foi ferido a facadas durante uma operação para coibir tráfico e receptação de produtos furtados em Paulínia (SP), na manhã desta terça-feira (10). De acordo com o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Galazzo, após ser atingido por um dos suspeitos investigados, o policial atirou contra o homem, que morreu no local.

A ocorrência foi no fim da manhã na Rua Joaquim Bernardo da Silva, no bairro Morro Alto. O homem morto era suspeito de tráfico, informou o delegado. Duas pessoas foram presas na ação. "Prisões decorrentes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e receptação", diz Galazzo.

O policial ferido foi socorrido e encaminhado para o Hospital Municipal

 Ele não corre risco.

 
 

 

CAMPMODAL 2018 - Empresários reivindicam efetiva implantação da multimodalidade logística do país

   
 

Traçar diretrizes para o enfrentamento dos grandes desafios do setor logístico, considerado por economistas um dos mais importantes propulsores do desenvolvimento. Esse foi o objetivo do CampModal 2018, evento inédito realizado nesta quinta-feira, dia 12 de abril, no Theatro Municipal de Paulínia.

Com a presença de mais de 400 pessoas, o evento reuniu os principais protagonistas do transporte de cargas e do comércio interno e externo, como as Agências Reguladoras Nacionais (ANAC, ANTAQ, ANTT), as grandes operadoras e todos os agentes envolvidos no setor de transporte e logística. A principal reivindicação pontuada pelos presentes foi a necessidade da efetiva implantação da multimodalidade logística no país, como forma das empresas aumentarem a sua competitividade e reduzirem custos.

Durante a abertura, o prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho e o secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Rui Rabelo, ressaltaram as qualidades da cidade e a sua posição estratégica no setor logístico com todos os modais de transporte, que a capacitam para abrigar as próximas edições do evento.

Admirado com os números apresentados e com a grande infraestrutura oferecida por Paulínia, o secretário-executivo do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), Bruno Pessanha Negris afirmou que retornará à Brasília com maior conhecimento do pleito dos empresários da Região Metropolitana de Campinas em relação às questões de multimodalidade logística e que isso facilitaria a tomada de decisões em busca da simplificação nos seus aspectos tributários.

Para o diretor de Infraestrutura do Ciesp Estadual, Julio Diaz, a Carta Logística da RMC será finalizada a partir dos principais temas debatidos durante o Congresso do CampModal. “A sociedade e os operadores logísticos colocaram aqui as suas dificuldades e sugestões para a busca da multimodalidade. Esse documento que será formalizado trará essas sugestões para conhecimento de todos”, explicou Diaz. Após a sua finalização essa carta será também enviada à Imprensa.

O diretor do Ciesp-Campinas, José Nunes Filho, afirmou que nessa primeira edição do CampModal, as presenças de representantes das agências governamentais e a qualidade das palestras e debates comprovam que o evento foi um sucesso. O vice-presidente do Ciesp Estadual, Rafael Cervone Netto também no seu discurso, ressaltou a importância estratégica da RMC – que representa 82% do PIB do estado e 27% do PIB nacional.

A programação do evento, realizado pelo Ciesp-Campinas e Fiesp e correalizado pela Prefeitura de Paulínia, contou com Congresso com quatro painéis temáticos, Encontro de Negócios e uma Sala de Crédito.

 

 

 Seddema vai implementar Centro de Saúde Animal

   

A Prefeitura Municipal de Paulínia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Defesa do Meio Ambiente - Seddema vai realizar uma reestruturação do Centro de Zoonoses de Paulínia tanto no prédio, quanto nos procedimentos. Também o nome do local passa a ser Centro de Saúde Animal. O espaço vai ganhar um formato mais adequando para atender os propósitos do novo projeto. Será um ambiente totalmente preparado para o tratamento e acolhimento de animais que sofrem maus tratos ou são abandonados por seus donos, além de outras demandas da cidade. “É uma conquista do município no tratamento do bem estar do animal doméstico. É algo reivindicado, tanto pela municipalidade quanto pela Secretaria de Defesa Civil, já que esses atendem muitos casos de animais abandonados nas ruas de Paulínia”, explicou o secretário da Seddema, Vicente de Paula Souza.

 

Segundo Souza, diversos profissionais participaram da elaboração do centro, mais diretamente os que atuam na Vigilância Sanitária de Paulínia. No descritivo da reforma, consta o fechamento frontal, em alvenaria, colocação de porta de vidro, pintura de paredes e forro, instalação de persianas, divisão de ambientes com paredes em drywall, troca de louças sanitárias e pisos, demarcação de vagas para veículos no espaço para estacionamento de carros, entre outras. Não haverá custos para o governo, pois o CSA é fruto de uma compensação ambiental firmada com empresas do município. Souza informa que o tempo determinado para o começo da obra já foi agendado. “Dentro de um prazo de quinze dias daremos início a implementação”, ressaltou Souza.

 

As principais ações da Seddema incluem campanhas sazonais de vacinação contra a raiva, castração de gatos e cachorros, controle de doenças que possam ser transmitidas aos seres humanos, doações de animais que estiverem abandonados no local. “Daremos o atendimento aos animais domésticos que forem necessário”, explicou Souza. Outros serviços como recolhimento de animais mortos para a devida incineração dos corpos, animais com cinomose, entre outros, também serão oferecidos. Além disso será criado um programa que realizará um senso para atender os animais, com um agente sanitário, que visitará a comunidade. “Assim teremos informações para dar os próximos passos”, completou o secretário.   

 

O endereço CSA será na Rua dos Estados, 1000, na Vila Bressani, atrás do Poliesportivo, antigo Centro de Zoonoses de Paulínia. Para outras informações, os telefones são 3833 2299 e 3874 9266.


 
 

 

Prefeito empossa novos conselheiros do COMDEMA

 

 
 

 

O prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho, acompanhado do secretário de Defesa e Desenvolvimento do Meio Ambiente, Vicente de Paulo Souza, empossou nesta segunda-feira, 15 de janeiro, os novos integrantes do COMDEMA (Conselho Municipal de Meio Ambiente), para o biênio 2018/2019.

Durante a cerimônia, o prefeito parabenizou os eleitos e reforçou a importância do trabalho desenvolvido pelo Conselho. “A proteção do Meio Ambiente está diretamente ligada a qualidade de vida da população de nossa cidade. Quero parabenizar os novos conselheiros e reforçar que mais do que um trabalho, atuar no COMDEMA é uma missão”, afirmou Dixon.

 

Foram empossados 24 conselheiros entre titulares e suplentes, sendo 12 representantes do Poder Público indicados pelo prefeito e 12 representantes da sociedade civil, eleitos pela população. A eleição dos conselheiros foi realizada no dia 16 de dezembro, no Auditório Carlos Tontolli, no Paço Municipal.

 

COMDEMA -  Criado por Lei Municipal, o COMDEMA integra o Sistema de Gestão Ambiental da Cidade, tendo como finalidade instituir normas e diretrizes ambientais, além de assessorar o Chefe do Poder Executivo Municipal em assuntos de políticas de proteção, conservação e uso sustentável do meio ambiente. 

 

 
     
 

Confira a lista de conselheiros empossados: 

Titulares - Sociedade Civil 
Francieli Parra Genari
Sérgio Ricardo Correa e Silva
Florisvaldo de Souza Santana
Luís F. Ferro Mauro
José Salustiano dos Santos
Daniel Messias Rosa de Carvalho

Titulares – Poder Público 
Vicente de Paulo Bonaldi M. Souza
Alessandro Baumgartner
Vlamilson Vieira
Yanko Gonçalves Mello
José Carlos Campos Almeida
Valdir Aparecido Terrazan

Suplentes  - Sociedade Civil 
Inácio Vilela da Silva
Janaína Caliari Silva
Eberth Castro Magalhães
Fábio Milanez da Silva
Alexandre M. S. Amante
Alex Sander Simão Novais

Suplentes – Poder Público 

Benedito A. Camargo
José Luiz Braga
Glaucia Cristiane Silva
Márcio Nemer Machado Sassim
José Rodrigo M. S.
Luís Roberto Fontes

 
 
     
 

 

 
  Incêndio em Paulínia  
Ás margens da Rodovia Zeferino Vaz (SP-332) incêndio atinge duas empresas de peças e pneus no bairro Cascata, em Paulínia (SP), na noite desta quinta-feira (16). Segundo a Guarda e Bombeiros, por enquanto não há registro de feridos. houve uma explosão no local e o fogo se alastrou da companhia de peças para a de pneus,atingindo um caminhão-tanque.